English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By tecnicoemagropecuaria.blogspot.com

Procure no blog o assunto

Para pesquisar um assunto de seu interesse aqui no no blog, digite uma palavra chave na tarja branca acima e clique em pesquisar.

6 de agosto de 2012

Comunidades tradicionais - Cultura caiçara – Vila Trindade (Final)

Vila de trindade - fotos de 2009


Praia em Trindade com vários comécios na faixa da areia

Em nossas andanças pela antiga vila de pescadores em 2009, pudemos notar serviços públicos: uma Escola Municipal; uma casa que se diziam ser um Posto de Saúde; Transporte (uma linha de ônibus); coleta de lixo; instalação de uma empresa de telefonia, um cemitério (dentro de área de preservação ambiental); fornecimento de energia elétrica; grande número de pequenos estabelecimentos comerciais; e surpreendentemente, 51 pousadas, algumas delas, avançam, impedem ou deixam estreitos corredores de acesso às praias.
Não localizamos farmácias, posto policial, salva-vidas da Defesa Civil nas praias da região ou serviços de correios, não há endereçamentos postais, seus logradouros não são denominados. O quantitativo populacional é duvidoso, dizem ser de 800 pessoas no total, no entanto, diante das constituições familiares de remanescentes de caiçaras, além dos moradores que exploram o comércio, parece ser maior. Não se sabe a real demografia, inclusive do quantitativo de remanescentes de caiçaras.

Há uma entidade de barqueiros e pescadores na Vila de Trindade, com um minúsculo, precário e mal localizado entreposto para comercialização do pescado. As pequenas embarcações de alumínio não têm ancoradouros próprios e são espalhadas por vários pontos das praias existentes. Essas mesmas embarcações são utilizadas para passeios turísticos.

Dizem haver antigos conflitos entre caiçaras com grupos que alegam serem os donos de algumas áreas, com seus “empreendimentos imobiliários”. Quando se fala sobre os títulos da terra e o pagamento de Laudêmio, desconversam ou afirmavam não saber o significado de tal tributo.

Cemitério de Trindade  - área de preservação ambiental

A estimulação de visitantes em cada temporada merece cuidados, tanto de moradores que oferecem os serviços, como do Poder Público, pois diante pudemos observar e apurar em conversas informais, a Vila de Trindade não tem saneamento básico nas residências e nos estabelecimentos comerciais, são providos de fossas ou sumidouros para dejetos e outros despejos, e isso é muito preocupante, pois, a vila conta ainda, além das pousadas, com cinco irregulares áreas de camping.
Independente dos conflitos para se reconhecer a cultura local, aumento demográfico, irregular estrutura de serviços públicos, sem entrar no mérito de questões e metas de preservação de ecossistemas naturais e direcionamento das ações de órgãos de Unidades de Conservação, o Caiçara ainda está presente naquela região, mas gradativamente, perdendo a sua cultura e isso, precisa ser respeitado, pois estamos diante de uma das mais belas comunidades que fazem parte da história do nosso País.

A cultura caiçara precisa ser preservada e respeitada, principalmente, na melhoria da qualidade de vida, pois aquela comunidade está inclusa em uma cidade que possui referencia de patrimônio cultural, como é Paraty no Rio de Janeiro, e que tem conflitos de preservação ambiental, falta de saneamento e explosão demográfica, no entanto, tem seu titulo de Patrimônio Cultural do Brasil.

Invasão de construção em área ambiental

Posto de Saúde de Trindade


Antena de empresa de telefonia


Entreposto de venda de pescado
 
Invasão de quiosques em praias