English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By tecnicoemagropecuaria.blogspot.com
Para pesquisar um assunto de seu interesse aqui no no blog, digite uma palavra chave na tarja branca abaixo e clique em pesquisar.

Procure no blog o assunto

Carregando...

Técnico em Agropecuária


 Técnico em Agropecuária deve estar habilitado para o domínio de técnicas de produção e gestão da agropecuária e agroindústria, na identificação dos elementos sociais e culturais da sociedade, deve também, ser articulado nos saberes locais e dos saberes técnico-científicos para resolução de problemas, desenvolvendo ações de auto-sustentabilidade, realizando uma leitura crítica das situações da realidade em que está inserido, atuando no contexto social e profissional com respeito à diversidade, sua atuação se expande, devendo estar apto nas atividades agrícolas e zootécnicas. 
Mais o que é um técnico em agropecuária?  É todo o profissional formado em escola agrotécnica de nível médio e que tenha sido diplomado por escola oficial autorizada ou reconhecida, regularmente constituída nos termos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei n°4.024, de 20 de dezembro de 1961 e suas alterações posteriores (Lei n°5.692/71 e Lei n°9.394/96); ou que tenha sido diplomado por escola ou instituto agrotécnico estrangeiro e seu diploma revalidado no Brasil. 
Para educadores e estudiosos do assunto o “Técnico em Agropecuária é, enquanto agente de sua própria história e com sua formação técnica, utilizando-se dos conhecimentos adquiridos deverá enfrentar e superar os desafios da vida e com sua formação liderar, respeitando a participação coletiva e construindo espaços democráticos, gerenciar e capacitar equipes com desempenho inerentes a função com uma forte formação ética, criativa, humanística, técnica, solidária e critica, devendo ser um sujeito autônomo, responsável, investigador e com capacidade para compreender o significado das ciências, das artes, das linguagens e das tecnologias específicas, desenvolvendo atividades na área de produção animal, vegetal e agroindustrial, respeitando o meio ambiente, trabalhando sempre de forma integrada, sendo um instrumento de transformação da realidade...”
A realidade no meio rural é dinâmica e vem mudando ao longo dos anos, especialmente com o aprofundamento da crítica ao modelo de desenvolvimento tecnológico implantado nos últimos anos em países em desenvolvimento. Tal desenvolvimento baseado em pacotes tecnológicos trouxe conseqüências danosas do ponto de vista ambiental, social e econômico (PRIMAVESSI, 1997; ALTIERI, 1989). O avanço da ciência e da tecnologia na atualidade tem sido utilizado como propaganda da grande mídia como expressão do desenvolvimento. Em nossas leituras e tentando entender a opinião e o conceito de cada autor, percebemos que, durante vários anos a formação desse profissional foi definida a partir de modelos de desenvolvimentos não adequados aos agricultores familiares no país.
O Técnico em Agropecuária formado em qualquer escola deve ser um profissional habilitado para atuar em qualquer etapa da cadeia produtiva agropecuária, seja no fornecimento de recursos produtivos – venda de insumos, venda de máquinas e equipamentos, prestação de serviços, crédito rural – na produção agrícola/zootécnica propriamente dita e na comercialização dos respectivos produtos. É um agente de mudanças no setor agropecuário e necessita apresentar uma postura pessoal e profissional que harmonize produção e da qualidade de vida. Suas ações devem se respaldar em valores morais e éticos, de respeito ao meio ambiente e socialmente responsáveis.
Nos links abaixo, poderá ser acessado a opinião, conceitos, teses e expressões da atividade na visão de educadores e de instituições de ensino agrotécnico:
 FORMAÇÃO DE TÉCNICOS EM AGROPECUÁRIA: currículos como instrumento de políticas públicas de regulação, SOARES, Ana Maria Dantas – UFRRJ, disponível em: http://www.anped.org.br/reunioes/27/gt09/t092.pdf
A POLÍTICA EDUCACIONAL E A FORMAÇÃO DE TÉCNICOS EM AGROPECUÁRIA: MOVIMENTOS DE REGULAÇÃO OU EMANCIPAÇÃO? – SOARES, ANA MARIA DANTAS, disponível em: http://www.editora.ufrrj.br/revistas/humanasesociais/rch/rch26/Revista%20C.%20Humanas%20v.%2026%20n.%201-2/21.PDF
A FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA COM ÊNFASE EM AGROECOLOGIA: ATUALIDADE E DESAFIOS DA ESCOLA AGROTÉCNICA FEDERAL DE CASTANHAL – PARÁ - Favacho, Fernando  e Sousa, Romier; disponivel em: http://www.cultura.ufpa.br/cagro/pdfs/TextoN017_A_formacao_profissional_de_tecnico_em_agropecuaria.pdf

 Habilitação:Técnico em Agropecuária – disponível em: http://www.feituverava.com.br/ArqsEdutec/Edutec_Agropecuaria.pdf