English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By tecnicoemagropecuaria.blogspot.com

Procure no blog o assunto

Carregando...
Para pesquisar um assunto de seu interesse aqui no no blog, digite uma palavra chave na tarja branca acima e clique em pesquisar.

15 de setembro de 2008

CODORNA AMERICANA - BOBWHITE, um ótimo negócio


Um passo importante para quem quer começar uma produção de pequenos animais é a escolha da espécie a ser criada e a que se destinará a criação, inclusive, analisando fatores importantes, tais como, a legislação, espaço disponível e principalmente, fazer as seguintes perguntas: Quanto posso investir? Posso começar agora? A resposta é não! Tendo em vista que ao iniciar qualquer tipo de negócio uma boa orientação técnica é o passo principal. Nossa experiência, não mal sucedida, mais “capenga”, diz tudo, tendo em vista que, nos faltaram justamente estas orientações.
Podemos afirmar que, somente leituras, compras de equipamentos e começar no “escuro” achando que é suficiente, são o caminho para um negócio mal sucedido. Aconselhamos visitar criatórios, mercado, legislação da região, além, é claro, da execução de um bom projeto com orientação técnica. Citamos por exemplo, a criação de animais considerados exóticos, como a Codorna Americana (Colinus virginianus), nossa experiência é com a Coturnix! Que existem milhares de criadores e produtores de matrizes, ficando mais fácil a sua criação, emboramente os grandes “granjeiros” faz com que muitos desistam da atividade. Para o iniciante, o caminho é ir devagar e não deixar o seu técnico fazer planejamentos mirabolantes
Para iniciar uma criação, alguns fatores devem ser levados em consideração. Em primeiro lugar, o técnico deve planejar quanto você quer produzir, para assim ter o número de aves necessárias para iniciar a criação. É importante também observar a localização do criatório; o tipo de galpão, telhado e piso; as gaiolas a serem usadas; os equipamentos como bebedouros e comedouros; e incubadora e nascedouros.
Como a codorna não choca seus próprios ovos, é preciso a utilização de galinhas garnizé ou de uma chocadeira artificial, não esquecendo que a alimentação, é o que mais pesa no seu projeto

A codorna americana (C. virginianus), conhecida por bobwhite, devido à sua voz ou seu grito, é originária do Leste dos Estados Unidos. Quando adulta, pode atinge até 500 gramas. Esta ave é uma excelente poedeira, podendo produzir 250 a 300 ovos por ano. Por ser muito saborosa e nutritiva, sua carne é muito apreciada, tendo grande aceitação, não só nos Estados Unidos, mas em muitos outros países, inclusive no Brasil. A comercialização dos ovos (in natura) é um pouco restrito, devido a sua falta de pigmentação.
A coturnicultura ou criação de codornas vem sendo considerada uma alternativa interessante para aumentar a renda do pequeno produtor rural.
Vá em frente e consulte um Técnico em agropecuária.